A Química dos vitrais

Os vitrais uma das formas mais elegante do uso do vidro são conhecidos desde a antiguidade, ganhando importância na arquitetura na Idade Média. A necessidade dos vitrais nasceu com a construção de igrejas para resolver problemas com a iluminação. Para criar o vitral, os pintores tinham que produzir um esboço do desenho a ser aplicado em cima do vidro.  Para a produção das cores nos vitrais às peças são adicionados elementos como bismuto, cádmio, cobalto, ouro, cobre entre outros aos componentes básicos do vidro (areia, calcário, barrilha e alumina).  Particularmente, os vitrais que foram coloridos com ouro existem estudos que apontam afirmando que desempenham a função de purificadores de ar fotocatalíticos, pois o sol energizam o ouro tornando-o capaz de destruir poluentes do ar como produtos orgânicos voláteis (por exemplo, metanol).

About Genilson Pereira Santana

Professor de Química Analítica da Universidade Federal do Amazonas, autor de livros em Química, Editor da Revista Eletrônica Scientia Amazonia e da Revista Divirta-se com o Clube da Química.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.