Quando se observou a combustão espontânea pela primeira vez?

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Materiais armazenados em grande quantidade podem sofrer uma combustão espontânea. Isso se deve ao calor interno causado por oxidação (geralmente uma reação em que elétrons são perdidos, especialmente quando oxigênio se combina com algum outro elemento, ou quando hidrogênio é retirado de um composto). Essa oxidação não permite que o calor seja dissipado para o ar ao redor, a temperatura do material vai aumentando até que ele atinge seu ponto de ignição e provoca chamas. Um texto chinês escrito antes de 290 a.C. registra esse fenômeno descrevendo uma combustão espontânea em tecido armazenado embebido em óleo. Certamente, ninguém sabe quem descobriu a combustão, consequentemente o fogo, mas o seu sucesso é inimaginável para a humanidade. A partir desta transformação química, humanidade aprendeu a produzir metais, usados para a fabricação de todo tipo de utensílios, os alimentos sofreram uma série de transformações por meio do cozimento; os processos de curtição das peles de animais transformam o couro para que ele possa ser utilizado em vestuário.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Professor de Química Analítica da Universidade Federal do Amazonas, autor de livros em Química, Editor da Revista Eletrônica Scientia Amazonia e da Revista Divirta-se com o Clube da Química.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *