Porque não devemos urinar nas piscinas

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Normalmente, urinar em piscinas desperta nas pessoas uma série de reações como de risadas,  constrangimento, vergonha entre outras. Na verdade o que acontece quando a piscina é usada como vaso ou latrina pública? Espera-se-ia que a grande quantidade de água da piscina dilua e os efeitos das substâncias presentes na urina não causam efeitos. Até o momento não existe nenhum estudo mostrando que alguém fosse contaminado pelo xixi nas piscinas. Todavia, estudos já detectaram a presença de adoçantes artificiais não metabolizados no corpo. Em outros a presença de ácido úrico, uma substância presente na urina que reage com o cloro da água da piscina para formar um cianogênico. O cloreto cianogênico formado é capaz de causar diversos tipos de sintomas desagradáveis, bem como morte. Devemos lembrar que esse cloreto foi usado no passado como arma química. Felizmente, a quantidade necessária para causar esses sintomas ainda é muito pequena. Esse fato incentiva a realização de novas pesquisas para o entendimento do papel da urina como um catalisador orgânico para formar substâncias que prejudicam a saúde humana.

Leia também A química por detrás da piscina

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Professor de Química Analítica da Universidade Federal do Amazonas, autor de livros em Química, Editor da Revista Eletrônica Scientia Amazonia e da Revista Divirta-se com o Clube da Química.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *