Por que a língua gruda no metal quando está frio?

Os metais, em geral, são muito bons condutores de calor (quentes … como frios!) 
Se o pedaço de metal estiver frio o bastante e grande o suficiente para não ser aquecido pelo contato da língua, ele resfriará rapidamente saliva ao ponto de congelá-lo. Em vista de sua superfície áspera, nosso pequeno “bife” permanecerá colado.
De fato, a superfície do metal também é coberta com uma película de água proveniente da atmosfera úmida. Esta película fina de água adere ao metal graças à existência de forças intermoleculares entre os átomos do metal e as moléculas de água. Quando congela e a língua toca o objeto metálico, as moléculas de água na superfície da língua entram em contato com as moléculas de água na superfície do metal, congelam e se ligam fortemente fazendo o todo ” metal-água-língua “solidária. 
Um pequeno experimento pode ser tentado: toque o metal congelado com o dedo seco … nada acontece. Repita, mas desta vez antes de ter mergulhado o dedo na água. O dedo vai ficar um pouco no metal.

Fonte: Jeunesses scientifiques

About Genilson Pereira Santana

Professor de Química Analítica da Universidade Federal do Amazonas, autor de livros em Química, Editor da Revista Eletrônica Scientia Amazonia e da Revista Divirta-se com o Clube da Química.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.