O óleo comestível de algas

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Quando se pensa em óleo de cozinha logo falamos em óleo de soja ou mesmo de girasol. A companhia Solazyme criada com o objetivo de produzir biotecnologicamente biocombustível, acabou por desenvolver um óleo comestível a partir de algas. É interessante que o óleo de alga possui composição química muito semelhante à gordura existente no corpo humano. O processo de produção do óleo é realizado com microalgas do tipo heterotrófico e pelo processo de fermentação do açucar produzem o óleo. Em termos de composição  o óleo de alga possui as seguintes características:

  1. Baixa quantidade de gorduras saturadas (menos de 4%);
  2. É rico em gorduras monoinsaturadas (mais de 90%);
  3. Baixa em gorduras poli-insaturadas (inferior a 4%), com predominância de ómega-9;
  4. Alta estabilidade;
  5. Alto teor de ácido oleico;
  6. É rico em gorduras monoinsaturadas;
  7. Sabor neutro de cereja.
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Professor de Química Analítica da Universidade Federal do Amazonas, autor de livros em Química, Editor da Revista Eletrônica Scientia Amazonia e da Revista Divirta-se com o Clube da Química.

About Genilson Pereira Santana

Professor de Química Analítica da Universidade Federal do Amazonas, autor de livros em Química, Editor da Revista Eletrônica Scientia Amazonia e da Revista Divirta-se com o Clube da Química.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *