O escurecimento da Maça

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×
A fruta contém ambas, substâncias químicas oxidantes e enzimas, mas que estão originalmente em locais separados em seu interior. Quando ocorre uma lesão ou um corte na fruta, há o contato das duas substâncias e de mais uma, o oxigênio presente no ar; juntos, reagem quimicamente da seguinte forma:

Existem três formas de impedir que a reação química aconteça:

i. Inativar ou impedir a ação das enzimas
ii. Prevenir que o ar entre em contato com a fruta e difunda-se nela
iii. Inativar as substâncias oxidantes presentes na fruta.

Experimento

1. Corte uma maçã ao meio;
2. Corte uma banda de limão;
3. Em seguida, pegue uma das metades da maçã e esprema o limão sobre ela;
4. Coloque as duas metades da maçã ao ar livre por uma hora e observe a cor de cada metade.
A metade da maçã em que não foi passada o caldo do limão ficou marrom a outra permaneceu com a mesma cor. Por quê? A vitamina C do limão ao entrar em contato com o oxigênio oxida antes dos compostos químicos da maçã, impedindo a oxidação das enzimas contidas na maça.

Referências
Ciência Hoje da Crianças
Serviço Brasileiro de Respostas Técnicas

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Professor de Química Analítica da Universidade Federal do Amazonas, autor de livros em Química, Editor da Revista Eletrônica Scientia Amazonia e da Revista Divirta-se com o Clube da Química.

About Genilson Pereira Santana

Professor de Química Analítica da Universidade Federal do Amazonas, autor de livros em Química, Editor da Revista Eletrônica Scientia Amazonia e da Revista Divirta-se com o Clube da Química.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *