As cores e as ciências-sociedade

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×
cores
As cores

A cor não é química, física, artística ou qualquer outra coisa que queira explicar a sua existência. Cada área utiliza esse fenômeno da natureza de acordo com a sua conveniência. O artista explora as cores para demonstrar a sua visão do mundo ou mesmo para expressar os seus sentimentos. O físico busca explicar a estrutura da matéria, ele encara as cores como uma radiação e como tal entende-la representa explicar a própria existência humana. Foi um físico, Isaac Newton, que mostrou as cores são radiações com comprimentos de ondas diferentes. Foram os físicos que mostraram o comportamento dualístico da radiação eletromagnética> A “radiação das cores” tem dois comportamentos: onda e partícula. Os químicos usam as cores para determinar as concentrações das substâncias coloridas. Nós químicos usamos as cores para estabelecer critérios de qualidade de alimentos, água, remédios etc. Evidentemente, que outras áreas também trabalham com as cores, a clorofila com sua cor verde, representa muito para os biólogos. As cores dos alimentos para as pessoas comuns representam comprar ou não determinado alimento na feira, supermercado, mercearias, etc. Portanto, as cores é da sociedade desde que o mundo é mundo.

Leia também:

As cores das roupas

As obras de Van Gogh estão ficando marrom

O olho humano: um espectrômetro poderoso

Todos nós somos químicos?

Os óxidos de ferro e as pinturas antigas

 

 

 

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Professor de Química Analítica da Universidade Federal do Amazonas, autor de livros em Química, Editor da Revista Eletrônica Scientia Amazonia e da Revista Divirta-se com o Clube da Química.

5 thoughts on “As cores e as ciências-sociedade

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *