A composição química da estátua do Oscar

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

No domingo 4 de julho de 2018 será realizada a premiação do Oscar, considerado o prêmio máximo do cinema. Afinal de contas de que é feita aquela estatueta que emociona os atores, cobiça tanto outros?  Para entendemos a composição química devemos considerar dois momentos. O primeiro é pré 2016 cuja estatueta era confeccionada a partir de uma liga composta por 93% de estanho, 5% de antimônio e 2% de cobre em sua parte interna. Na parte externa a estatueta é composta por ouro 24 quilates. Após 2016 até o presente a estatueta passou a constituída por 88% de cobre, 12% de estanho e traço de outros metais como níquel, alumínio, zinco e manganês. Novamente em sua parte externa ouro 24 quilates.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Professor de Química Analítica da Universidade Federal do Amazonas, autor de livros em Química, Editor da Revista Eletrônica Scientia Amazonia e da Revista Divirta-se com o Clube da Química.

About Genilson Pereira Santana

Professor de Química Analítica da Universidade Federal do Amazonas, autor de livros em Química, Editor da Revista Eletrônica Scientia Amazonia e da Revista Divirta-se com o Clube da Química.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *