A química da música

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

A música em si não tem uma composição química. A música é apenas ondas sonoras em diferentes frequências que nossos cérebros organizam em padrões.  Nossos cérebros podem entender os padrões que a música faz em tom, frequência e ritmo, e com isso nos dar a sensação de divertimento, agradável ou de odiar. Nossos cérebros realmente liberam substâncias químicas quando a música é tocada, mas isso vai depender do tipo de música que você

                 Dopamina

gosta. Digamos que você odeie uma música, as substâncias químicas que dão a sensação de bem estar não serão necessariamente liberadas. Se, no entanto, você ouvir música que gosta, substâncias são liberadas para o corpo fazendo com que se sinta bemAfinal de contas qual é a química da música? Basicamente, a música estimula o cérebro a produzir mais dopamina (C8H11NO2) e serotonina ( C10H12N2O), que são substâncias químicas felizes para o cérebro.  A dopamina é um neurotransmissor do cérebro que ajuda a regular o

            Serotonina

movimento na parte do sistema extrapiramidal do cérebro. E a serotonina também é um neurotransmissor no cérebro, além de ser conhecida por regular a temperatura corporal,  humor, fome, cansaço e sexualidade.

Fonte: Chemistryislife.com

Leia também

A química e a música

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Professor de Química Analítica da Universidade Federal do Amazonas, autor de livros em Química, Editor da Revista Eletrônica Scientia Amazonia e da Revista Divirta-se com o Clube da Química.

About Genilson Pereira Santana

Professor de Química Analítica da Universidade Federal do Amazonas, autor de livros em Química, Editor da Revista Eletrônica Scientia Amazonia e da Revista Divirta-se com o Clube da Química.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *